Sem jeito.

"Você é lindo sabia?!"
E é assim, que ficamos vermelhos.
Depois de dançar abraçados, sóbrios e sem música, na cozinha.
Da última vez que dançamos, foi um desastre, lembrei enquanto tentava não perder o compasso.
Afinal, era a única coisa que ainda me restava!
A compostura já tinha ido embora, a vergonha, escorria junto com o suor, da minha testa aos pés!
Ela ainda continuou me encarando com aqueles olhos brilhantes...
"O que ela tanto enxerga?!"
Perguntei milhões de vezes ao sub-consciente.
Sabendo que se ele respondesse, eu pararia de pensar.
É estranho quando alguém te olha além do rosto.
Quando percebem o que se esconde atrás do sorriso.
Quando o rosto por detrás da máscara é contemplado, e a observadora reage dizendo: você é lindo sabia?!
Ela ignora todas as cicatrizes, as marcas, o sorriso forçado.
Ela não olha pros traços tortos e mal feitos.
Ela não olha muito pros defeitos.
Ainda que saiba que eles estão ali.
Me abraça forte e rodopia, a sorte é que a música barulhenta dos meus pensamentos continuam sem parar.
Em qual lugar estamos?!
Qualquer lugar me cabe.
Desde que ela esteja lá.
É diferente demais ser notado.
E encontrar alguém que olha com esses olhos diferentes que até então, só a gente costumava olhar.
É estranho encontrar alguém, que tem a mesma mania que tenho de enxergar.

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores