Estranha...

Ei! Quem você pensa que é pra sair por ai apontando minhas qualidades?
Ignorando meus defeitos como se fossem detalhes?
Quem você pensa que é pra sair por ai me fazendo sorrir?
Pra não reclamar?
Quem é você que não reclama que eu sou responsável demais, chato demais...
Muito sério?!
Por que você vem assim do nada e quebra todos os padrões?
Chega do nada e faz alguém que não ta acostumado, se sentir confortável...
Por que não tenta me mudar e chega com esse seu jeitinho esquisito de dizer, mude o que quiser mudar.
Quem é você pra dizer: faz o que você quiser! Sem usar essa frase pra me ameaçar?
Quem você pensa que é pra me roubar a fala? E me dizer o que preciso ouvir há quase 20 anos...
Porque tão esquisita? E insana em insistir que sim, existe coisa boa em mim!
Há tanto tempo ignorado que esqueci de entender.
Desisti...
E aí vem você! E bagunça tudo... Organiza esse caos, sem pedir autorização!
Sem cobrar se quer atenção.
E ao me tirar do eixo...
Fez me cair o queixo.
E acalmar o coração.

--Frog.

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores