Importa?

Com o passar dos dias pouco importa parecer um sapo.
Ou um príncipe em armadura brilhante.
Me importa mesmo é te ver sorrindo.
Seu olhos marejados.
Importa mesmo é se sentir desejado.
E notar teu "devora-me" silencioso.
É despir te a alma, vestir minha calma.
Encontrar a paz.
Felicidade estranha que transborda, e eu aqui como quem sempre nadou na borda...
Mergulhado até o pescoço, na parte funda, e na correnteza...
Sendo puxado pela rua certeza de que me queres bem.
E eu, pos bem... Feito um príncipe desencantado, o rei louco e desequilibrado.
Te entrego meu tesouro ao sorrir com os olhos.
Te quero mais perto, e quero que o certo seja estar te olhando agora.
Ver minha vida de dentro pra fora, sorrir sem medida.
Te fazer minha senhora.

Felicidade mesmo é esquecer-se da sua origem de sapo, e ser nobre de coração!
Dar te espaço em meu castelo. E um sorriso meio singelo.
Que te acalma o coração.

-Frog

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores