Em seu coração

Não há dentro d e nós necessidade maior que a de tentar sermos quem somos.
Não há em nossos momentos impedimentos maiores dos que os que pensamos.
Não há entre nos barreiras maiores que o orgulho.
E em nosso mergulho cego dentro da escuridão, somos o certo e o errado.
O sim e o não.
Não há mais medo que o medo da sorte, da morte mantendo a porta, oferecendo esmola, te fazendo mais forte.
Não há segredo que não possa contar.
Talento que o tempo possa calar.
Não há amor, nem furor capaz de cessado tempo.
Mas há momentos em que o tempo, os pode cessar.
Não há dor mais que a perda de nós mesmos.
E de desenhar nossos próprios desejos, em papel cartão.
Pra ver o tempo levá-lo pra longe, em meio a multidão.
Não há luz, nem escadas, não há nós nem estradas.
Não há nada... A não ser a missão.
De voltar do começo, re-cantar  canção.
Há luz, a cor, há amor e emoção!
Há silêncio e eu...
No seu coração.

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores