É só

Não havia por quê estar longe.
Mas perto ela não quis estar
Partiu pra longe em uma estrada tortuosa
Já não sabia ao certo aonde queria chegar.
Partiu sem rumo e só levou na sua bagagem
Lembranças boas pra iluminar a viagem

No rosto ela vestiu o meu melhor sorriso,
Confesso que fiquei bastante indeciso.
Já não sabia se devia ir atrás, ser capitão, ou incapaz
Não sei ao certo se eu ainda sei do que sou capaz
Mas meu amor, o tempo vai fazer as coisas irem pro lugar. Vai por você de volta aonde deveria estar.
Vai ser minha janela, minha eterna dívida.
Que faz na aquarela seu sorriso transbordar.
Eu sei...
Não sou o das aquarelas não sou quem vai pintar mas sei bem.
Que ao som do meio dia quando a jornada acabar.
Vou estar te esperando no mesmo lugar.
É só você voltar...
É só você ficar...

-Luiz Carlos.

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores