Dança

Nos caminhos que a vida me leva,
No balanço que a música quer.
Você fez me outra vez entrar na dança
Seu sorriso deixou-me de pé!
Teu compasso em um quadro alternado.
Nosso ritmo lento ou qualquer
Seus olhos nos meus marejados.
Esquecidos por outro qualquer.
Eu decido manter meu juízo, eu preciso apegar-me à fé.
Pois sei que eu estaria indeciso.
Ao beijar-te como alguém tanto quer.
Quero eu me encaixar no compasso
Ir seguindo aos pouquinhos teus passos.
Meus pedaços vai colar se deus quiser.
E me trazer outra vez para essa dança.
E sorrir e dizer que me quer...
Quero eu outra vez ser criança e fazer de você a mulher.
A pintura a doçura e a esperança.
Dos meus dias de paz.
Bem-me-quer.

-
E o destino vai entrar na dança ~

"Levanta e chama ela pra dançar!"

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores