Dias

Há dias em que tudo parece ser algo distinto,
As palavras voando lá fora, marcando no tempo tudo aquilo que sinto.
Tem dias em que a gente precisa, de forma imprecisa, apenas ser.
E escancara à luz da verdade que em nossa saudade existe um porquê.
As vezes sou mais do que sinto, e as vezes eu minto fingindo não ser.
Procuro sim , pôr um nexo em tudo e o complexo levar ao fim.
Tenho em verdade, a saudade dos tempos em que queria viver.
E admiro a verdade. Sou o que quero ser.
Entendendo de vez essa complexidade, notamos que na verdade...
Ser feliz é inato do ser.
E se você quiser de verdade
Sua felicidade, cedo ou tarde vai florescer...
E espalhar por toda a cidade, como folhas ao vento.
Que o momento é o agora, e o futuro tem hora...
Mas não custa viver o presente. O agora é pra gente o presente de viver.

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores