Reticente, recordar

Reticentes a gente sente que as vezes não vai acabar,
Saudade, as vezes alarde de quem quer recordar.
Tarde enquanto indiferente, saudade reticente.
reticências, recordar!
Buscar então magia, um pouco de "imaginaria" com muito de mim, sei lá!
Saudade, verdade... Verde musgo. Muito a lembrar.
Papel então, perneta!
Capenga a caneta sem saber o que rabiscar.
As letras as vezes incertas na certa quem sabe outro dia virá!
Ordenar-se sobre o papel, num instante ser o vel que o recobre.
E pintar no infinito, um texto bonito
Pra gente recordar... Reticências, e aqui está.
-

Luiz carlos, Frog.

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores