esquecer do que falar, mas continuar a pensar.

Imagine!
Cores sempre vivas
Memórias sempre no presente.
Presente pra toda a gente.
Gente pra toda a vida
E vida pra gente viver.
Vislumbre!
Sorrisos, sonhos
Planos.


Se engane com seus enganos.
Revira a volta e volta ao começo.
Perde o tempo e reveja, eu mereço.
Morde, assopra.
Perdi o rumo.
Rumei o texto pra sei lá aonde!
Então quer sabe! Esconde!
Finge que ele não existiu... Esquece desse texto.
Que ele vá pra P@#$@# Que o Pariu.
Mas que encontres teu conceito e faça dele o que de mais belo já se viu.


Por Luiz carlos, Frog.
textos registrados.

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores