poeta apaixonado.

"Nossa sina é se ensinar"{Nossa sina -O teatro mágico}

Estava aqui, no imaginário!
No canto do sorriso
Ou no fundo do armário
Estava em nós. Mas estava ao contrario!
No fundo uma voz que sussurrava ao pé do ouvido.
Duvido que você nunca tenha ouvido.
Uma frase solta no ar, um reflexo simples do que te faz sonhar!
Estranho mesmo é ver seu amor materializado!
E os olhos dela são pra ti um espelho.
Dá vontade de perder muitas tardes ali olhando.


Aos poucos sonhando.
Reinventar o amor,
Curar a dor.
“A dor’ar”
Virar a madrugada com ela à beira do mar.
Se perder, pra te encontrar.
Inverter, inventar.
Só viver, e amar.
E do fundo do armário ele vem ao coração!
Que acelera, reverbera.
Um grito silencioso que diz: te amo.
Vai além trás alguém!
Que você venha pra ficar!
Ou pra me fazer sonhar...
Você vem e me faz, recomeçar.
Reaprender.
Ensinar.
O poeta se perdeu na poesia.
A vida que ele viveria seria agora um amor sem igual.
Uma ultima canção.
Pra ecoar na eternidade como o pulsar de um coração!
Que agora não bate sozinho...
Mas que tem você como principal inspiração! 



Por Luiz Carlos, Frog. Eternamente...

por ti, apaixonado.

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores