será eu, quem está amando errado ?

Não são muitos os que ainda amam como antes!
Amantes que como eu, deliram e aproveitam a cada instante.
Cada sorriso, abraço, cada caricia.
Ah delícia das suas mãos suaves acariciando o meu cabelo já meio bagunçado!
Eu devo estar mesmo encrencado!
Amar não é pra qualquer um...




Pra minha sorte eu não sou um típico cara comum.
Não sou como esses que já não amam mais.
Perdem a paz! Procuram em detalhes inúteis motivos para propagar a discórdia.
Eu vou pondo as coisas em ordem.
E cada pedido seu pra mim é uma ordem!
Suas palavras sutis e os dentes que às vezes me mordem.
Hum... Eu to perdendo a cabeça!
Mas antes que eu enlouqueça vem e diz pra mim, que o que eu sinto é amor...
Do tipo sem começo meio e fim!

Porque amor é atemporal! Um verbo que não deveria ser conjugado!
Eternidade com um cônjuge meu, aqui do meu lado.
E eu já largado vou mergulhando nos teus mares de amores que mais me levam a imaginar.
Sem ter hora pra acabar
que o mundo ainda pode ser um bom lugar!
Se por acaso um anjo bom venha ensinar...
Aos que pisam na face da terra uma nova forma de amar.
Se perder sem se podar.
Prender-te e me soltar estando preso contigo!
Ser mais do que posso ser, seu amor, seu amigo!
Estar acompanhado...
E amar, mais do que a si mesmo, a esse alguém que esta do seu lado.


~

e então assim, como quem está desorientado eu deixo aqui o que tenho perguntado...

Se sou um dos poucos que amam assim...
será eu quem está amado errado?



Luiz Carlos, Frog.
texto registado...
e devidamente dedicado aos que amam de verdade...

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores