prazer, eu sou um louco que ainda insiste em acreditar.

Buscamos sempre motivos parar nossos erros tolos.
Se amarmos demais e tal amor não for correspondido somos chamados de loucos por nós mesmos e vez por outra fazemos tudo da forma mais errada possível
Mas quando as pessoas erram conosco fazemos cara feia e tentamos lhes arrancar de seus pedestais.
Tirar suas mascaras à força fazer com que tudo parca diferente.

Na minha frente os sonhos deixam de ser meros capítulos em branco dessa jornada cega que sigo.
Eu duvido que alguém aqui vá se permitir se renovar.
Ou quem sabe essas pessoas magoadas com o amor se permitirão uma vez mais amar!
Por isso extinguimos o sentimento mais nobre!
E o pobre poeta vai ter que se calar!
Pois sem amor não há poesia nem fantasia alguma envolta da verdade incontestável do amar!
Gosto amargo e suave desce pela garganta a gente levanta nosso próprio ego regulando o valor dos outros na moeda mais baixa! E abaixa vez por outra pra pegar aquela quantia pequena, mas que faz diferença tê-la aqui ou deixá-la partir.
Eu como muitos que vieram antes, amei por vezes sem saber o que era amor...  Encantei-me tantas outras por um gosto doce que sem saber era o gosto da dor.
Esse sim nos encanta e entorpece! A nossa alma agradece por nos permitir nos renovar! Capazes somos nós de se reencontrar quando estamos perdidos! E por mais FUDIDOS que possamos estar... Lá em cima no infinito vai sempre existir alguém pra nos guiar.
Mesmo que ele tenha mais umas 7 bilhões de pessoas para se preocupar...


- agradeço ao Nilson... por me lembrar que mesmo sendo um em meio a 7 bilhões... sem mim... os 7bilhões não seriam os mesmos XD -

por.: Luiz carlos, Frog

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores