no name


De tantas palavras que eu já disse...
Quantas vezes eu falei a verdade como uma brincadeira boba?
Um método covarde de fazer as coisas serem como de fato deviam ser.
Eu conto histórias, escolho memórias, monto sorrisos falsos e finjo estar Bem.
Mas alguém sempre me encara e sabe que antes que o dia acabe eu vou pensar em você.
Escrever palavras mornas na areia e esperar que a onda do tempo às apague dos meus pensamentos.
Meus lamentos são meus e apenas meus...
Mas não vejo motivo para não colocá-los para fora em pequenos momentos de desabafo.
Até por que seria completamente sem motivo berrá-los aos sete ventos.
Mas meus lamentos são por palavras perdidas...
Mentes vazias. Aqui estou eu, pensando em todos vocês! Esperando que façam as escolhas certas.
Quem diria?
Eu digo agora, que o amor não é filosofia. Então ame sem palavras, e sem pudor.
Ame loucamente... Prove do sabor que fará sua mente estar pra sempre Pronta.
Para o que for.

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores