maré...

A felicidade se faz em pequenos cubos de gelo de tamanhos e formas diferentes.
A maré estava a favor da gente...
O vento soprava contra nossas lembranças.
A vela fazia movimentos diversificados e forçava a minha mente a crer que eu beirava a loucura
Os pequenos cubos de gelo boiavam ao redor da minha jangada feita de uma amarração de memórias e planos.
Você lá longe dentro de uma lancha se lançava no oceano, numa busca desesperada atrás do horizonte.

Enquanto eu buscava apenas a felicidade... Correndo insanamente atrás do seu navio, sem perceber que ela estava ao meu lado, boiando em pequenos icebergs.


-
Por: Luiz Carlos FROG.

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores