Um tonto...

Eu escondi o amor.
Ou um sentimento parecido que por ti há algum tempo tenho sentido.
Eu fingi que era um pouco de paranóia e durante um tempo sustentei essa história!
Mas ultimamente ta começando a ficar perigoso. Ver teu sorriso no rosto e não fazer parte dos motivos para ele estar ali.
As vezes eu fico em duvida ao te olhar se o que vi há pouco foi você também a me olhar.
Ou meu subconsciente tentando me enganar!
Seja o que for... Seja como for.
Deixe-me estar.
Perto pra te fazer feliz! E longe pra não enjoar.
Preso e perdido em qualquer lugar que pra mim não faça sentido.
Eu quero estar contigo.
Quero achar as palavras certas pra falar!
To achando que talvez nem precise da sua resposta!
Mas sim ser capaz de perguntar.
Mas aí vem a história da hora certa... o lugar certo!
E eu tava certo que isso não ia me atrapalhar!
O destino me enrola... e quando enfim eu tinha as palavras, o mundo me parecia girar mais rápido do que o normal.
E isso como sempre me faz me sentir um pouco mal.
Eu sou um tonto!
Tanto por tontear, quanto por não ter falado antes... Quando não me havia nenhuma chance. De tontear.
-
Se for você a ler este texto, espero que entenda!
e peço que por favor não complique as coisas quando eu perguntar!
Ja ta dificil demais não gaguejar...
quem dirá pensar em algo diferente pra te falar!
-

#DiaRuim!
maldita labirintite u.u'

Luiz carlos, Frog
(todos os textos registrados)

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores