Tolice do amor

"Às vezes me sinto a peça faltando em você
Às vezes me sinto à beça, você nem merece ter! [...]"




Será que é idiotice verdadeiramente amar?
Será desperdício de tempo e sentimento simplesmente desejar sem levar em consideração toda e qualquer coisa racional?
Será tolice ignorar um passado marcado por um impulso semi-irracional que a fizera cometer diversos erros contra ele?
Será um erro perdoar e amar?
Será que é errado não tirar-te da cabeça...
E sonhar com teus olhos, sentir teus lábios e pensar em teus abraços?
E os embaraços que passaram juntos?
Será que é errado ainda lembrar?
Será errado ainda acreditar?
Será pecado não conseguir esquecer!
Ou o maior pecado é o querer?
Querer-te mais...
Querer demais...
Querer alguém que talvez jamais possas ter outra vez.
Que tolice esse tal de amor...
Mas necessário enquanto houver.
Ele e você!


~
"Se a gente ganhar que seja vitória disputada,  merecida, conquistada! vou pro pau... apostar na parte bacana do tal do amor...
[Jay vaquer-tal do amor(8 e 80)]
do tal do amor"

Texto Por: Luiz Carlos Dos S gonçalves.
todos os textos registrados!

  Um comentário:

Seguidores