A sorte

"A sorte do homem desfaz o silêncio existente na solidão.e a solidão por sua vez transforma em homem o menino. mas não em paz o vazio...
o vazio ela só transforma em mais vazio, por sua vez em mais solidão!
sorte de verdade tem aquele que fica só, só quando ter a mais alguém é gastar seu tempo em vão!
Brindemos então a ausencia de solidão, não daquele que escreve mas do homem que lê!
Pois o que escreve precisa estar sozinho, para encontrar-se em meio a escuridão!




e ainda sim ele não fica só... pois tem palavras, tinta, caneta e Deus, guiando os caminhos que formaram letras, atraves das suas mãos."

Soprado pelo vento... digitado por mim ;)

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores