Renascer -()-

É o fim da linha, não há mais pra onde seguir. Só lhe cabe, retornar.
“Ah...Mas, é do fim da linha que eu gosto mais!”
Seus olhos mudaram novamente...
A mesma cede de luta de antes, os mesmo reflexos. O príncipe sapo voltava a sua forma de guerreiro.
Quebrando as lanças, e saindo pra mais uma batalha.
Ele ignora a própria armadura, sem medo de mais feridas.
Ele não pensa em sobrevivência, não se preocupa com os perigos do caminho.
Ele tem fé, ele tem amigos.
Ele ainda tem sua nobreza guardada em sua alma.
E contra isso, ninguém poderá lutar.
“- o lutador se ergue outra vez, sem mascaras.
Sem medos!, acredite, não vai ser muito bom pra vocês...”

As suas formas mudaram aos poucos, e então estava novamente de pé ao lado do lago, o velho príncipe de antes.
Cabelos longos, olhos vibrantes. Traços brutos, e ligeiramente infantis.
Com uma longa espada de duas mãos, a qual erguia segurando apenas com a mão esquerda.
Os pedaços de armadura no chão.
Um estalar de pescoços.
Uma ligeira auto-analise e por fim um sorriso no rosto.
“Ta na hora do show!”
O bosque pareceu respirar, quando um de seus pés tocou o primeiro pedaço de terra fora do bosque.
“ não se esqueça, sapo! vocÊ ainda pode contar comigo!”
Bradou um alquimista que sai por detrás das arvores.
“sempre meu amigo! mas ta na hora de me aventurar aqui fora! Vou atrás dela! Vou luta r outra vez!”
“ que assim seja!, boa sorte”
Em direção ao som, partiu.
-
Vamos lutar outra vez?
A phoenix retorna, trazendo consigo
o herdeiro do trono.







~
"E hoje estou de volta à vida, Aos amigos, aos sorrisos, sob o sol
E hoje estou de volta à vida..."
 (Leoni-canção da despedida)


texto por: Luiz carlos, Frog - Que vai lutar, outra vez.

ps.: TODOS OS  TEXTOS SÃO REGISTRADOS!

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores