Hora!
Escrever mais pra que?!
Toda a poesia eu já fiz pra responder uma pergunta simples que você resolveu fazer!

Ah! A poesia na verdade foi esta noite!
Querendo ou não foi a poesia perfeita!
Quase uma sintonia.
Uma luz, um reflexo.
Nada chamava mais minha atenção.
Meu frio, seu calor...
Essa mistura louca!
Solução homeopático do amor...
Exagero ?
Talvez...
MAS todo mundo sabe que eu sou MESMO EXAGERADO.

Me atiro ao fogo se necessário!
Passarei noites acordado.
E dias...
Desde que eu possa passar meus dias, quietinho.
Do seu lado.

Jogado aos seus pés... com mil rosas roubadas exagerado!
[cazuza]

(todos os textos são registrados)

Texto Por: Luiz Carlos Dos S gonçalves.

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores