Por "Elise"

Dei alguns passos ao seu lado...
Vislumbrei seu rosto por completo.
Seu sorriso às vezes indiscreto fazia-me mais e mais querer ficar mais perto.
Eu estava perto demais... Mas tinha medo de fazer bobagem.
Não seria capaz de dar-te
Apenas um beijo só de passagem.
Ela sabia, estava escrito em meus olhos.
Eu fugia do sorriso dela.
Mas a mim ele é preciso, como quem se vicia no paraíso.
Aproximei-me um pouco mais.
A vontade de beijá-la crescia.
Contive-me aos poucos e então hesitei.
Meu coração pulsava intensamente.
Ela parecia saber.
E como quem brinca com fogo resolveu dizer, com palavras diferentes algo que se parecia muito com o que eu queria ouvir.
Eu ainda hesitei, não sou capaz de beijar por beijar.
Mas o faria pra ensiná-la a amar de verdade, ou melhor... Para lhe mostrar como é.
No fim das contas suspeito que ela vá entender.
Ela sabe o que por ela eu faria...


Faria uma ode aos teus olhos uma sonata ao teu coração.
E seria um Beethoven cego, pra quem teu sorriso é a única luz...


Num mundo imerso em escuridão.
~





Antes que façam a pergunta idiota, não, eu não conheço nenhuma "Elise":
"Por Elise" é o nome de uma das mais belas e mais conhecidas obras de Beethoven.


Mas assim como Beethoven dedicou sua obra a uma mulher, a minha também será dedicada à alguém... mas o seu nome é desnecessário.

(todos os textos são registrados)
Por: Luiz Carlos Dos S gonçalves.

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores