"me" faça girar!

“Me” faça girar!
Como criança em dia de festa.
Como quem ama e ignora tudo aquilo que não presta.
“Me” faça girar! Dentro de mim mesmo pra procurar por reflexo a muito ocultos.
Faça me esquecer! Das dores, dos desejos e de alguns amores.
Mas me faça girar!
Rápido como um carrossel! E lento como a terra.
Tire-me deste ciclo infinito de tristezas e alegrias.
Mas me mostre a beleza das reais fantasias.
“Me” faça chorar.
Mas que seja de alegria.
Ou de saudade.
“Me” faça rir.
Das tristezas que me fazem mal.
Ou do mal que fazem ao rir.
Me faça girar! Pra fora da orbita.
Ou me faça orbitar você!
Me faça crescer.
Me faça você!
Ou simplesmente me faça querer.
As lembranças são como as imagens do lado de fora da janela do carro.
Eu vou girando mais e mais.
Como um furacão.
Meus pés não tocarão o chão.
Nenhum dos meus planos serão em vão.
Esqueça-se de tudo e venha comigo!
Vamos girar!
Entorno do sol.
Entorno de nós!
Desfaça os nós.
Mas sem quebrar a corrente.
A não ser a que prende a gente.
Eu preciso girar!
Em torno de mim mesmo.
E não ao redor dos que não sabem “girar” ao redor dos outros.
Por isso lhe peço.
“ME FAÇA GIRAR”.
~
O objetivo é oSubjetivo. ;D

(todos os textos são registrados)
Por: Luiz Carlos Dos S gonçalves.

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores