Arrepender-se-ia se soubesse que tudo partiu de algo que fizestes?
Silenciar-se-ia se tudo ao redor encobrisse o som da tua voz?
O que farias então?
Minhas marcas ainda estão aqui...
Eu ainda estou aqui.
E quanto a ela?
Que não passa de uma estranha ilusão de quem acreditar lutar por algo.
E aqueles por quem eu lutava?
Lutavam por mim ?
Ora... é apenas um reflexo no espelho.
E não um outro eu, vivendo em uma realidade paralela.
Talvez quem sabe o paralelo seja eu.
Que não se sente mais tão certo de que este mundo... é o meu.


Por: Luiz Carlos Dos S gonçalves.
(todos os textos são registrados)

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores