Wasting love.


Menina estranha...
Insiste em brincar com meus pensamentos...
Vai mesclando aos poucos meus tormentos...
E faz me delirar.
Sabe bem que eu a contemplo.
E esse seu dom de despertar um sentimento
Que eu insisto em manter enterrado.
Ainda estou acordado!
Estou aqui sentado...
Com uma caneta na mão olhando sua foto através das estrelas!
Meus suspiros as vezes parecem dor...
Eu vou aos poucos desperdiçando o amor...
Com uma outra mulher que talvez nem exista.
Eu ainda resisto.

Mantenho a sanidade, ainda que eu me pegue lhe fazendo alarde.
Continuo aqui e insisto em tentar por mais uma vez...
Encontrar uma mulher que esteja disposta a me deixar...
Simples em cada detalhe...

Na dose certa sem exagerar.
Amar-lhe.


Por: Luiz Carlos Dos S gonçalves.
(todos os textos são registrados)

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores