Palavras...




Eu espero que não haja mais palavras a serem gastas
Ao menos não como foram da ultima vez,
Nada além de mais meia dúzia de frases poéticas
Um amor em busca de redenção, silêncio ao invés de repressão
Não consigo mais distinguir o que são pensamentos meus
E quais são os impulsos que me fazem escrever sobre você...
Na dúvida fico calado... olhando pro lado sonhando acordado.
Imaginando o dia em que você estará ao meu lado...
O que me lembra tudo aquilo que um dia eu esqueci...
Também me faz perguntar ao tempo, se não é você que está aqui.

Por: Luiz Carlos Dos S gonçalves.
(todos os textos são registrados)

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores