Senhora fada.-()-


Um vento frio cortava o bosque,
Como de costume ele se mantinha ali a observar os que passavam.
Debaixo da sua armadura a visão era privilegiada, todo e qualquer ser que se aproximasse do lago seria facilmente visualizado por aquele que o habitava.
A neve tocava a água que parecia se contrair de tanto frio...
E dentre os flocos de neve, alguém de tamanho quase equivalente começava a pousar...
O sapo nunca a vira por lá... mas de certo já tinha ouvido falar...
Ele tinha duvidas e as tinha que tirar...
Conversou durante horas com aquela pequena figura...
A senhora fada, da qual o brilho azulado dos olhos contrastavam lindamente com os flocos de neve.
As duvidas do sapo já estavam esclarecidas...no entanto ele sentia algo diferente, um pulsar eminente em seu peito.
E La estava ele secando as lagrimas da bela fada...
“ senhora fada não há motivos para choro, saiba que tua beleza enobrece minha estadia neste lago. E se puder aqui retornar a cada nova estação, farei da minha existência uma eterna razão para tentar fazer-te sorrir.”
“ok, príncipe sapo... que se faça aqui um trato, retornarei a cada estação, trazendo pra ti minha companhia... e quem sabe uma nova sensação”
AS sensações evoluíram... aqueles que os observavam conversar eram capazes de pensar que ali havia um possível relacionamento...
É aí então que entra meu lamento... a tão perfeita fada, bela e desejada, pequena feito um floco de neve...tão importante quanto as quatro estações.
Deixava de lado agora suas verdadeiras ambições.
E como todas aquelas que antes passaram por lá, a fada teve que partir, o silêncio que se espalhou pelo lago era facilmente notado.
~
Para fim apenas de explicações, sem fazer comparações. Ela lhe trouxe inúmeras emoções, lembranças canções, foi como a princesa da qual o sapo se lembrava, mas, no entanto ela foi mais do que ele imaginava. Ela que do nada surgiu, igualmente partiu, e ainda que pareça tarde a verdade aqui aparece. O sapo sente saudade.


Por: Luiz Carlos Dos S gonçalves.

(todos os textos são registrados)

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores