Nada mudou!
O sorrisos ainda são os mesmos...
As mesmas palavras gastas
Momentaneamente ermo
Mais ainda não basta.
Não é o suficiente não ter mais o que falar
E repetir as mesmas palavras dezenas de vezes
Como se buscasse no meio das repetições afirmações
Das quais nunca ouvirá minha boca pronunciar...
Meus erros eu já conheço, e até tento consertá-los sempre que possível.
No entanto,seus erros são os mesmos.
Seus desejos se sobrepõem a sua humanidade.
E da verdade se desprende.
Nada mais me surpreende.

Por: Luiz Carlos Dos S gonçalves.
(todos os textos são registrados)

0 comentários:

Postar um comentário

Seguidores